Categoria "Tecnologia"

Vida de freela: como encontrar trabalho na internet

Em 30.11.2016   Arquivado em Tecnologia, Vida de freela

como-encontrar-trabalho-internet

Já começo o post de hoje com uma boa notícia, já que o título contém spoiler: mesmo o networking permanecendo a melhor maneira de encontrar trabalho, é possível buscar oportunidades sem sair de casa!

Em áreas como Design, Programação, Tradução e Produção de Conteúdo, há várias maneiras de conseguir trabalhos como freelancer e ainda aumentar sua rede de contatos com pessoas que tenham afinidade criativa com o que você faz ou possam complementar seus serviços futuramente. Lindo, né?! E não é feitiçaria, é tecnologia!

Sites de Freelas

Em um cenário ideal, a gente já começa a vida de freela como uma boa carteira de clientes e têm trampo e dinheiro garantidos, mas quase sempre não é assim que funciona para quem está começando. Ainda bem que, seja pra quem é experiente ou pra quem ainda está embarcando na ideia, existem diversas plataformas online que conectam você e seu futuro cliente. Algumas delas são Escola Freelancer, 99freelas, 99designs, Meu Redator e Crowd. Mas tem outras tantas por aí!

Facebook

De certa forma, os grupos de Facebook tapam um pouquinho do vazio deixado pelas comunidades de Orkut. É possível ser parte de vários grupos diferentes conforme o assunto de seu interesse, e aqui falando de trabalho, há vários espaços que divulgam oportunidades para atuação in loco ou remota. Atualmente acompanho bastante o Digitais SC e o FREELA (Design, Moda, Publicidade e Cinema).

Outra opção bacana é curtir páginas de Facebook relacionadas a vida e divulgação de freelas, empreendedorismo e nova economia.

Lembrando aqui que você também pode prospectar seus clientes de forma ativa, divulgando seu produto ou serviço em grupos específicos. Mas aí vale o bom senso: sempre leia as regras gerais antes de publicar, e não seja o coleguinha spammer da turma.

Por fim, vale também usar seu perfil ou uma página profissional para divulgação do seu trabalho. Se cabe compartilhar uns memes, por que não aproveitar o feed para fazer aquele auto-jabá, não é mesmo?!

LinkedIn

A pastinha de currículos já não circula mais as ruas centrais da sua cidade, mas nem por isso você deixou se precisar se apresentar profissionalmente!

O LinkedIn é uma ferramenta incrível para se conectar a pessoas, empresas, projetos, pesquisar conteúdos específicos e, veja só, descolar clientes novos. Isso depende, claro, de como você dispõe as informações em seu perfil, então já sabe: dados para contato atualizados, experiências listadas de forma verídica e sucinta, menção de cursos relevantes e todas aquelas outras dicas que a gente já tem que saber quando desenvolve o primeiro currículo.

Aplicativos

Já tem site, rede social… Tem como ficar ainda melhor?  Tem sim: habemus aplicativos!

O Prolancer é um bom exemplo de app voltado para oportunidades de freelas. Ele é quase um Tinder, só que profissional. O objetivo é fazer o “match” entre suas habilidades e as demandas de trabalho disponíveis, e para isso a plataforma cruza as preferências do candidato e com as vagas por meio do seu algoritmo.

Outro que promete facilitar a nossa vida é o app JobMe, por enquanto disponível apenas para Android e ainda em fase de testes. Desenvolvido pela empreendedora Fabi Farias e sua equipe, ele promete unir referências do LinkedIn, Catho, Trampos e grupos de Facebook em uma forma moderna e simples de buscar vagas.

Esses são os aplicativos dos quais tenho conhecimento. Confesso que não tive a experiência te utilizá-los ainda para dar um parecer, mas se você já conhece esses ou outros apps legais para compartilhar, deixe nos comentários!


O que se pode concluir com essas ferramentas é que os recursos estão aí, e o empreendedorismo ganha cada vez mais espaço para que novas soluções como essas apareçam a cada dia para que possamos nos conectar profissionalmente de maneira remota.

Seja você a pessoa em busca de jobs, ou mesmo o desenvolvedor de uma nova plataforma de vagas profissionais, todas as boas ideias são bem-vindas e nós somos movidos por elas!

Vida de freela: 4 apps favoritos do momento

Em 10.08.2016   Arquivado em Tecnologia, Vida de freela

Um dos grandes desafios de ter autonomia sobre a própria rotina é conseguir administrar bem o tempo, elencar as prioridades e, dessa forma, ser produtiva sem me exceder na carga horária do dia. Não que eu tenha um número fixo para seguir, mas uma das minhas certezas quando decidi mudar foi que não gostaria de ocupar todo meu tempo acordada em frente ao computador.

Pois bem, a teoria é bem bonita. Mas quem tem o próprio negócio e/ou trabalha em vários projetos sabe que mesmo um trabalho flexível precisa de uma pitada de rotina, e que a rotina precisa de organização. É aí que entram alguns recursos bacanudos que podem ajudar, como as dezenas de aplicativos disponíveis gratuitamente e ao alcance dos nossos dedinhos. Yay!

Organização é uma palavra que traz a ideia de alinhamento, mas nem por isso tem regras universais. Pelo contrário, para que seu trabalho flua de uma forma legal é preciso se autoconhecer e entender quais as melhores ferramentas para você, que não necessariamente precisam funcionar para o seu amigo, que trabalha em uma área completamente diferente e tem hábitos distintos também. Aqui no meu QG, por exemplo, nada substitui a agenda física. Já o Rafa – meu namorado, que aparece aqui no blog de vez em quando, não se adapta muito bem às anotações manuais, no entanto tem app até pra ajudar nas compras de mercado, com itens classificados por localização, inclusive. Genial, né?!

Para a minha rotina, escolhi quatro aplicativos que mais têm ajudado no momento:

Qipu

qipu

Bendita seja a equipe que pensou nesse aplicativo, que é bem simplão e intuitivo, e ao mesmo tempo possui várias utilidades. Gosto assim!

O Qipu é um app desenvolvido em parceria com o SEBRAE para facilitar a vida do microempreendedor individual. Nele, é possível cadastrar dados básicos dos clientes, lançar os valores recebidos, acompanhar o crescimento por meio de relatórios de resultados mensais, se lembrar de pagar o DAS – o imposto mensal do MEI, além de construir a declaração anual de uma forma bem mais ágil e precisa.

O aplicativo ainda oferece suporte do SEBRAE, mostra a agenda de workshops e cursos, os benefícios para quem se formaliza como MEI e as vantagens exclusivas para quem usa o app, como facilidades nas compras realizadas pelo Buscapé.

Disponível gratuitamente para Android e iOS.

Mobills

mobills

Apesar de usar o Qipu para controlar o fluxo de caixa, o Mobills é oficialmente meu aplicativo para controlar as finanças de uma forma geral. Nele consigo anotar as receitas e onde elas estão guardadas (banco, carteira), lançar despesas fixas e eventuais dividindo-as em categorias, registrar transferências, definir metas e orçamentos e ainda fazer uma lista de sonhos para ter sempre aquela dose de motivação para continuar cuidando da saúde financeira.

O Mobills também ajuda a controlar os lançamentos no cartão de crédito (eu não uso, mas muita gente tem) e exibe em gráficos o balanço mensal das minhas finanças pessoais. Ele ainda permite agendar lançamentos futuros, o que dá aquela ajudinha básica para não atrasar pagamentos que não estejam programados como débito automático.

Disponível gratuitamente para Android e iOS.

Todoist

todoist

Quando baixei esse app foi amor à primeira vista, depois acabei deixando ele de lado, mas percebi diferença na organização da minha rotina e me rendi novamente. O Todoist é um gerenciador de tarefas com interface simples e bem intuitiva para usar, principalmente porque sua usabilidade é padrão em todas as plataformas.

Trocando em miúdos, os recursos são iguaizinhos no meu smartphone e no notebook, mostrando a preocupação dos desenvolvedores, já que alguns apps mudam completamente conforme o sistema operacional.

O Todoist cria listas de tarefas que podem ser categorizadas em grupos e detalhadas com nível de prioridade e data final para entrega. Costumo deixar essas informações sincronizadas em meus dispositivos e dessa forma consigo não só organizar meu fluxo de trabalho como também mensurar minha produtividade. Além disso, uso o app para listas de compras, de itens para levar em viagens, de tarefas pessoais e etc. Já citei aqui: adoro uma lista mesmo.

O ponto negativo é que algumas funções infelizmente são pagas, mas consigo me virar muito bem com a versão free.

O aplicativo é gratuito e está disponível para Android, Windows e iOS.

Pinterest

pinterest

Por último, mas não menos importante, o Pinterest é minha dose de inspiração e ideias desalinhadas em meio a tantos aplicativos com interfaces limpas e funções bem voltadas à gestão. Nele, pesquiso sobre absolutamente qualquer coisa: tattoos, templates, decoração, infográficos, destinos, looks, maquiagem, ilustrações, culinária, tendências e até pintura facial, pra vocês terem uma ideia do meu pensamento nada linear.

O Pinterest é provavelmente o mais conhecido de todos os aplicativos, porque se trata de uma rede social. Se alguém quiser acompanhar meus pins, meu user lá é thaysapereira. Só não repara a bagunça!

Disponível gratuitamente para AndroidiOS e no site Pinterest.com.

Agora que contei um pouco sobre aplicativos que melhoram a minha vida de freela, conte pra mim quais são os seus favoritos!